Partilhar

Roubaram meu carro, e agora?

Roubaram meu carro, e agora?

A violência está sempre aumentando, o que deixa os motoristas com receio de que seu veículo seja roubado.O furto e o roubo são cada vez mais comuns, sendo experiências terríveis para os proprietários do carro que perdem algo que lutaram para conquistar. Caso isso tenha acontecido com você, existem algumas medidas imediatas importantes para tentar recuperar o seu carro ou ser compensando pela situação. Nesse post, poderá descobrir como proceder com a polícia e com a seguradora mediante esse problema, passo a passo. Continue lendo esse artigo do umComo e responda à questão: Roubaram meu carro, e agora?

Também lhe pode interessar: Como saber se meu carro tem FAP
Passos a seguir:
1

Roubo e furto

Se o seu carro foi roubado, saiba que isso não é o mesmo que ter sido furtado. Caso tenha existido violência, o que ocorreu foi um roubo. Isso acontece, por exemplo, quando alguém pára no semáforo e o ladrão ameaça a integridade do motorista com uma arma.

No furto, não existe essa violência direta. É o que acontece quando, por exemplo, alguém deixa o carro parado e, ao voltar, o carro não está mais.

Isso pode parecer pouco importante para você, mas será essencial fazer essa distinção para os próximos passos.

Roubaram meu carro, e agora? - Passo 1
2

Furto

Se o seu carro não se encontra no local onde você o deixou, ligue para a central de sinistro da sua seguradora e comunique o sucedido de imediato.

De seguida, informe a polícia pelo 190 e preencha um boletim de ocorrência (BO). Se os policiais não se deslocarem até você, vá na delegacia e preencha o BO. Alguns detalhes essenciais incluem:

  • Presença de possíveis testemunhas;
  • Placa;
  • Modelo;
  • Cor;
  • Características que identifiquem o carro;
  • Horário em que o veículo foi estacionado.

Tenha em conta que qualquer informação é valiosa. Depois de ter o BO em mãos, contacte a seguradora e comunique o sinistro para entrar com o pedido de indenização. Se você tem seguro, tenha em conta que, quanto mais rápida for a sua comunicação, mais chances terá de reaver o seu veículo.

3

Roubo

Se o seu carro foi roubado, procure manter a calma antes de qualquer outra coisa. Situações como essa podem ser muito estressantes, pelo que tente respirar fundo antes de contactar seja quem for.

A primeira coisa é tentar lembrar tudo o que aconteceu. Rosto, roupas e armas dos ladrões, placas de outros veículos ou qualquer outra informação relevante será valiosa para a polícia e para a seguradora.

Ligue assim que possível para a sua seguradora e para o 190, mas espere até estar seguro e sem riscos de agressão antes de informar os dois sobre o que aconteceu.

Depois da comunicação prévia sobre o sinistro, vá na delegacia e registre um Boletim de Ocorrência. Caso tenha estado alguma testemunha presente no momento do roubo, peça para ela ajudar a lembrar dos detalhes do acontecimento. O BO vai servir para iniciar o pedido de indenização da seguradora.

Roubaram meu carro, e agora? - Passo 3
4

Falar com a seguradora

Procure falar com a seguradora o mais rápido possível. Se não encontrarem o seu carro, serão necessários outros documentos para dar início ao processo de indenização:

  • Documentos do carro;
  • Documentos do seguro;
  • Carteira de motorista.

É importante ter cópias do documento em casa, uma vez que o original pode ser levado com o veículo. Procure entrar em contato direto com o seu corretor para que solucionar o problema de forma mais prática. Ele é o responsável pela sua apólice, devendo saber o que ocorreu nesse momento. Caso tenha alguma dúvida, discuta com o corretor pois ele representa a seguradora.

Caso não consiga falar com o corretor, ligue para a seguradora e envie a documentação por e-mail, fazendo o que for recomendado através do telefonema. Os procedimentos variam de acordo com cada seguradora, mas é comum serem exigidos os detalhes da ocorrência. Dessa forma, esteja preparado para contar o que aconteceu.

5

Seguro

Se o seu carro não estava protegido no momento do roubo ou furto, não existe muito que possa ser feito. As chances de recuperar um carro já são reduzidas, dependendo de fatores como a marca e o modelo do veículo e a demanda de ocorrências a serem investigadas. Na maioria dos casos, é impossível fugir do prejuízo.

Dica: Existem alguns seguros parciais que podem ser uma boa alternativa para quem não tem grana para um seguro compreensivo,. É um seguro de roubo e furto com taxas mais acessíveis, podendo ser feitos em qualquer tipo de veículo.

Roubaram meu carro, e agora? - Passo 5
6

Agora que já respondeu à questão "Roubaram meu carro, e agora?", dê uma olhada nesses artigos que podem ser úteis:

Como funciona o seguro para carros

Como saber o número de chassi do meu carro

Como avaliar um carro de segunda mão

Se pretende ler mais artigos parecidos a Roubaram meu carro, e agora?, recomendamos que entre na nossa categoria de Carros.

Escrever comentário sobre Roubaram meu carro, e agora?

O que lhe pareceu o artigo?

Roubaram meu carro, e agora?
1 de 4
Roubaram meu carro, e agora?

Voltar ao topo da página