Partilhar

Como não ser enganado pelo mecânico

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como não ser enganado pelo mecânico

Não raro as pessoas levam os seus veículos em oficinas independentes e mesmo nas autorizadas e acabam gastando com o serviço o que nem precisariam, pois lá podem dizer que o problema é muito maior do que se trata de verdade. Para evitar que isso aconteça com você, se ligue nas dicas que o umComo.com.br tem sobre como não ser enganado pelo mecânico e receber o atendimento de qualidade que você merece.

Também lhe pode interessar: Por que meu carro não acelera
Passos a seguir:
1

O jeito mais simples de não ser enganado pelo mecânico é ter um profissional de confiança com o qual você possa contar sempre que tiver um problema com o seu veículo. O mecânico que possui uma clientela fiel não vai querer “queimar o seu filme” dizendo que o automóvel possui um determinado problema quando na verdade ele é mais simples e, por consequência, mais barato também.

Como não ser enganado pelo mecânico - Passo 1
2

No entanto, como ter um mecânico de confiança? Quem ainda não o possui deve conversar com amigos e colegas, a fim de conhecer os profissionais e locais que eles frequentem. O boca a boca, muitas vezes, é a melhor forma de encontrar um profissional ético e competente. Já quando as pessoas buscam uma oficina que esteja em um lugar mais conveniente, como próximo do trabalho ou de casa, a dica é chegar ao mecânico já sabendo o problema do seu carro e ver o que o profissional vai dizer.

3

Quando os mecânicos querem enganar o cliente, eles costumam dizer que o problema do carro é muito maior do que ele realmente é e, ainda o assusta dizendo que é preciso arrumar o quanto antes senão o motor vai fundir ou que outra coisa séria vai acontecer. No entanto, nem sempre a pessoa sabe o que o seu carro tem e, nesse caso, vale a pena ler sobre o assunto e se informar, uma vez que, em várias situações, se trata de algo bastante simples de resolver.

4

Um grande aliado nessa hora são os planos de revisão existentes dos manuais do proprietário do veículo, onde estão descritos todos os itens que devem ser trocados com o passar do tempo e quando isso deve ser feito. E mais, mesmo imaginando que na autorizada o atendimento vai ser mais sério é preciso sempre estar atento aos sinais de que o mecânico está querendo ludibriá-lo. Desse modo, se ele disser que certo item deve ser trocado, mas ainda não chegou ao período previsto, saiba que está mentindo.

Confira também quais são as avarias do carro mais caras no nosso artigo para se inteirar desse assunto e para não acabar sendo enganado.

Como não ser enganado pelo mecânico - Passo 4
5

Com as oficinas 24 horas o cuidado deve ser redobrado, ainda mais se você não sabe o que o seu carro tem e nem conhece a credibilidade do estabelecimento. Por isso, se o seu carro empacar no meio da estrada pode ser mais seguro chamar o guincho, levá-lo para casa e resolver o problema no dia seguinte. Já quando o seu automóvel deve passar por um grande serviço com um alto investimento, a dica é buscar uma segunda opinião, sendo importante ainda solicitar um orçamento antes de autorizar o serviço. Nesse caso, pergunte com detalhes o que deve ser feito no carro.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como não ser enganado pelo mecânico, recomendamos que entre na nossa categoria de Reparação e Manutenção do Carro.

Escrever comentário sobre Como não ser enganado pelo mecânico

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Antonio coutiho Mudodela
B.tarde pessoal.tenho mazda BT50 ano de fabric 2014.ele dislisga o motor em andamento qual e o problema?e alternador ou bacteria.

Como não ser enganado pelo mecânico
1 de 3
Como não ser enganado pelo mecânico

Voltar ao topo da página