Partilhar

Como vender um carro em peças

Por Sara Viega. Atualizado: 11 novembro 2019
Como vender um carro em peças
Imagem: ro-des.com

Vender carro para desmanche é um assunto que causa muitas dúvidas já que, à primeira vista, essa parece uma alternativa tentadora e lucrativa para se desfazer de um carro velho que já não tenha tanto valor de mercado. O problema é que dependendo de como isso for feito, pode ser considerado um crime. O comércio ilegal de peças automotivas tem relação direta com a incidência de roubos de veículos. Por isso, as peças vendidas para um desmanche autorizadas precisam ser sempre registradas, assim como toda a sua documentação. Neste post do umCOMO esclarecemos todas as dúvidas sobre como vender um carro em peças e vender carro para desmanche.

Vender carro para desmanche

Para vender um carro em peças, é fundamental estar por dentro da lei. De acordo com a Lei nº 12.977, de 20 de maio de 2014 [1], que regula e disciplina a atividade de desmontagem de veículos automotores terrestres:

Art. 2º Serão necessariamente encaminhados para desmontagem, com possível reaproveitamento e reposição de suas peças ou conjunto de peças, os veículos:

I - apreendidos por ato administrativo ou de polícia judiciária, quando inviável seu retorno à circulação, mesmo por meio de Leilão;

II - sinistrados classificados como irrecuperáveis ou sinistrados de grande monta, apreendidos ou indenizados por empresa seguradora;

III - alienados pelos seus respectivos proprietários, em quaisquer condições, para fins de desmontagem e reutilização de partes e peças.

§ 1º Os veículos definidos nos incisos I a III deste artigo somente poderão ser destinados aos estabelecimentos registrados pelos Órgãos e Entidades Executivos de Trânsito dos Estados e do Distrito Federal, nos termos da Lei nº 12.977, de 20 de maio de 2014, regulamentada por esta Resolução.

Ou seja, vender carro para desmanche precisa ser feito dentro da lei. Caso contrário, você pode considerado cúmplice de um crime. O comércio ilegal de peças automotivas tem relação direta com a incidência de roubos de muitos carros. Afinal, o crime só existe quando há alguém para comercializar o veículo roubado.

Como vender um carro em peças

Nesse sentido, um carro em peças só pode ser vendido quando dentro das condições especificadas acima, sempre com o veículo registrado, assim como a desmontadora. O título do veículo no seu nome precisará ser transferido a desmontadora registrada. Caso contrário você continuará registrado como proprietário do veículo.

Como vender acessórios de carros

Se ao invés de peças, o que você deseja vender são acessórios que você comprou separadamente ao carro, o processo é bem mais simples e você pode recorrer às seguintes alternativas:

  • Uma opção para encontrar compradores é anunciar em portais especializados na internet . Tem muitos e ali você poderá entrar em contato tanto com oficinas como com particulares que estão interessados em comprar acessórios de carros;
  • No anúncio, dê o máximo de detalhes: marca, modelo, ano de fabricação, etc. Também é interessante explicar qual é o estado e as reparações mais importantes que teve, para que o potencial comprador tenha uma ideia de como estará a peça que lhe interessa.
  • Outra alternativa é ir diretamente às oficinas registradas de sua cidade para anunciar a venda das peças do seu carro. Assim, o comprador poderá comprovar diretamente o estado de seu veículo e avaliar se interessa ou não comprar as peças. Se não domina o setor, tente ir acompanhado de alguma pessoa que seja especialista para evitar sair perdendo no negócio.
  • Quanto à infraestrutura, deverá ter um lugar para deixar o carro enquanto não o vende por completo e ter conhecimentos para desmontar à medida que vá vendendo alguma peça. Caso contrário, precisará contratar um mecânico que o faça, o que é uma despesa que deve ter em conta antes de decidir vender as peças do seu carro.
  • Outra questão econômica que deve valorizar é a despesa com transporte no caso de ter que enviar os acessórios para fora de sua cidade. Serão pacotes pesados, e o preço do envio não será barato.
  • Depois de vender todas as peças do carro, para se desfazer dos restos que não tem serventia do automóvel, você deve ir a um desmanche e cancelar o registro do automóvel definitivamente. Deste aspeto se encarregará o centro.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como vender um carro em peças, recomendamos que entre na nossa categoria de Carros.

Bibliografia
  • BRASIL. Decreto-lei nº 12.977, 20 de maio de 2014. Código de Trânsito Brasileiro.

Escrever comentário sobre Como vender um carro em peças

O que lhe pareceu o artigo?
7 comentários
A sua avaliação:
Marco Antonio
Lei Federal 12.977 de 20 de maio de 2014: Regula e disciplina a atividade de desmontagem de veículos automotores terrestres
"Art. 3º - A atividade de desmontagem somente poderá ser realizada por empresa de desmontagem registrada perante o orgão executivo de transito ou do Distrito Federal em que atuar",
Portanto, desmontar o veículo para vende-lo em peças, no que pese ser realizado pelo próprio proprietário, é um procedimento ilegal, sujeitando o infrator as penalidades previstas em lei.
Mari mari
Tenho um Mercedes classe a 160 semi automático ano 1999 andando e documentos em dia para retirada de peças ,quero vender pois não consigo que mecânicos achem o seu defeito .....
Rebeca
Eu tenho um uno 1994 funcionando ..gostaria de vende-lo em peças .
Andersom
Como faco pra vender um carro para pecas
Rubens Candido da Silva Mendes
Olá boa noite!! Tenho um carro Palio ano 2005 bom estado de praça como faço pra tá vendendo às peças dele?
A sua avaliação:
Derlis paniagua
Tenho uma Mercedes ml320 ano 98 funcionando queria vender para alguma oficina para que utilizem as peças
RONNY
TENHO UM GOL 2001 4PTS,16VL, ALGO PROVOCOU UM FURO NO BLOCO DO MOTOR,,EU NAO TO EM CONDIÇOES D ARUMAR, ENTAO QUERO VENDER

Como vender um carro em peças
Imagem: ro-des.com
Como vender um carro em peças

Voltar ao topo da página